26 de novembro de 2012

A solução está dentro da loja

IMAD ESPER
Empresário/lojista e presidente da Ablac - Associação Brasileira de Lojistas de Artefatos e Calçados


Diante das dificuldades de venda, os lojistas de calçados vêm quebrando a cabeça em busca de soluções. Elas quase sempre estão dentro da própria loja, mas encontrá-las requer tempo e dedicação.

Esta não é nem será a última época de vendas aquém das expectativas. Lojistas com poucos ou muitos anos de experiência sabem que períodos ruins são ‘bons professores’ para quem os enfrenta de peito aberto e está disposto a aprender com eles. É do aprendizado decorrente de dificuldades vividas anteriormente que se pode extrair ensinamentos úteis para neutralizar as atuais.

O mais importante, sem dúvida, é ter em mente que o bom atendimento sempre foi e sempre será um diferencial positivo. Então, é preciso, mais do que nunca, apostar nele nestes tempos de consumidores cautelosos e endividados.

Diálogo com os vendedores
Como atender bem? Conversando continuamente com a equipe, ouvindo-a e valorizando suas sugestões. Cada ideia dada por um vendedor – que vive a linha de frente da loja – pode ser muito importante para atrair os escassos clientes e realizar vendas. Aliás, apesar da queda na demanda, as pessoas não deixaram de usar calçados. Ao contrário, há muita gente que, depois de encerrar a aquisição de bens duráveis, agora volta-se aos semiduráveis, como o calçado.

Isso enseja outro fator importante. É preciso ter sempre novidades na loja para oferecer ao público. Produtos novos, principalmente exclusivos, são capazes de determinar uma compra. Afora isso, hoje, flexibilizar as condições de pagamento é um imperativo aos lojistas que buscam manter as vendas em bons níveis.

Atraia os clientes
Tão importante quanto isso é ter uma loja organizada e com belas vitrines, que, como se sabe, são um convite para as pessoas entrarem. O convite, aliás, também pode – e deve – ser feito pelo meio on-line, isto é, através de mensagens nas redes sociais, tão eficazes na interação com o público mais jovem, principalmente. Para elaborá-las, peça ajuda aos jovens da sua equipe. Eles sabem o que e como dizer.

Procure também inovar nas demais ações que pretende realizar e tenha em mente que estoque enxuto, racionalização de custos e controle total sobre as atividades da sua loja podem fazer a diferença entre o prejuízo e o lucro. Por isso, se preciso for, dispense um pouco mais de tempo a identificar em que áreas seu negócio pode ser mais eficiente e adote as medidas necessárias. Ninguém o conhece melhor do que você, mas sua equipe também pode lhe dar dicas valiosas. Ouça-a e aplique as sugestões que julgar melhores. Depois, se for o caso, recompense os seus autores. Bons negócios a todos.

 

http://couroportal.couromoda.com/noticias/ler/a-solucao-esta-dentro-da-loja