26 de novembro de 2012

Competitividade passa pela aposta em design diferenciado

HEITOR KLEIN
Presidente executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados - ABICALÇADOS


Levando em consideração a definição de Design, que o conceitua como a criação de um plano de construção de determinado produto, não sendo somente a estética – que muitas vezes apontada pelo senso comum como um sinônimo de Design, a ferramenta assume papel cada vez mais relevante na manutenção da competitividade da indústria calçadista. Partindo desta premissa, a Abicalçados, desde o ano passado, vem investindo em ferramentas que promovam a cultura do Design no setor, trazendo a discussão sobre a necessidade de um novo posicionamento da produção nacional frente à concorrência cada vez maior tanto intrassegmento como com outros produtos. O Design já não pode ser visto apenas como um “diferencial”, deve ser visto como uma condição de sobrevivência da indústria de calçados nacional. 

No ano passado iniciamos um trabalho importante com a Maratona MUDE, evento inovador que promoveu uma “batalha criativa” entre equipes de designers e profissionais ligados à produção de calçados, uma verdadeira “guerra” com o nobre motivo da disseminação do design e da moda verde-amarela não somente entre os profissionais do setor, mas entre  todas as pessoas que puderam acompanhar o evento que se desenvolveu no Barra Shopping Sul, um importante centro de compras de Porto Alegre/RS. Além da batalha, que transcorreu em 24 horas ininterruptas e desafiou as equipes na construções de três protótipos de calçados, foram promovidas palestras com renomados profissionais ligado à moda, design e tecnologia que atraíram mais de 500 pessoas. 

Moda Co
Na mesma vertente, lançamos recentemente a plataforma virtual Moda Co, uma ferramenta de criação coletiva inteiramente on-line, onde as empresas participantes publicam desafios que devem ser desenvolvidos pelos designers inscritos. A ferramenta, além de inédita, traz um traço revolucionário, pois quebra o paradigma de que a criação deve ser realizada isoladamente nos domínios das empresas, sob sete chaves, algo que não cabe mais no mundo contemporâneo embalado pelas novas tecnologias e possibilidades criativas.

Assim seguimos, fomentando um novo ciclo para a indústria de calçados que, mesmo diante das mais graves crises, nunca desistiu da atividade que gera mais de 330 mil empregos e tem forte importância econômica e social para o Brasil. 

 

 

http://couroportal.couromoda.com/noticias/ler/competitividade-passa-pela-aposta-em-design-diferenciado