26 de novembro de 2012

Dia dos Namorados: todos dizem eu te amo

JEFF MACHADO COSTA
Especialista em visual merchandising, produtor e diretor artístico


Qual coração já não bateu mais forte pelo menos uma vez na vida? Este é o momento de se apaixonar, de se declarar e sonhar que será para sempre, pelo menos quando duas pessoas, ou no mínimo duas, para ser mais moderno e liberal, acreditam. Houve um tempo em que cartas de amor, bilhetinhos românticos e serenatas eram esperados durante a evolução dos sentimentos. Esta é a eterna busca dos amantes de conseguir estar ao lado de quem se ama o tempo todo. É a relação sentimento e comunicação. 

Mas como achar inspiração em algo abstrato para decorar um espaço na data de sua comemoração? Por que o Cupido trocou sua flecha por fotos, videos, emotions e pequenas mensagens de texto enviadas do celular? Existe namoro sem celular? Senhoras e senhores, como diriam as cantoras de axé: “tirem o pé do chão”!

Primeiro passo: não seja racional. A data permite loucuras de amor, extravagâncias, exageros e o surrealismo como fonte de inspiração. Maximize objetos, repita-os iguais ou em diferentes tamanhos, faça de tudo para chamar atenção. Não seja frio! Não deixe passar em branco! Aliás, está proibido branco total, preto, marrom e cinza. A presença de tons de vermelho e rosa são indispensáveis para caracterização da vitrine de Dia dos Namorados.

Mas se você quiser levá-los às nuvens? Use escadas de madeira ou de ferro envelhecidas, tecidos esvoaçantes brancos e um fundo azul claro. Coloque calçados, bolsas e cintos nos degraus das escadas. E o vermelho? Pode estar num coração enorme no meio da vitrine, vários corações pendurados ou bases e suportes em formato de coração para os acessórios.

Quer saber? Prefiro uma música só nossa! Ah, é? Então, alugue vitrolas antigas com discos de vinil fora da capa, violões, violinos, saxofone. Você é mais anos 80? Nada como aparelhos de som com suas caixas espaçosas, fones de ouvido em manequins e fitas k-7 pelo chão, suspensas ou os fios pendurados para dar a idéia de que estragou de tanto que ouviu. Forre a parede e chão e pendure cds inutilizados, vai dar um efeito incrível, principalmente se investir numa iluminação complementar.

"Eu prefiro eternizar nossos momentos." Então, faça pilhas de álbuns de fotografia com capas antigas, molduras com fotos em preto e branco de casais clientes da loja, máquinas fotográficas espalhadas pelo chão, em cima de móveis e no pescoço dos manequins.

As dicas de hoje têm perfume retrô, só falta usar o celular tijolão pra ornamentar. Bem, acho interessante fazer uma vitrine com diferentes modelos de telefones fixos e aparelhos de celular. Forre o chão e parede com manta térmica prata, vai dar uma cara de futurismo. Não esqueça do ponto vermelho!

E as antigas cartas de amor? Atualmente foram substituídas por e-mails, torpedos e mensagens de texto através do celular, tablet e computador. Contando que os papéis e envelopes sejam reaproveitados ou reciclados depois, pode ser uma inspiração bem original escrever cartas de amor em papéis e envelopes que pareçam antigos, ou mesmo na cor vermelho ou rosa, em diferentes tamanhos.

Não se esqueça de mandar flores. Mande as naturais e decore sua vitrine com as artificiais, pois como dizia a música, “as flores de plástico não morrem”. Lembrando: só valem rosas vermelhas. Flores do campo simbolizam primavera e estamos em outra estação. Vasos e garrafas transparentes não dão efeito. Quanto mais flores, melhor! 

E se você quiser fugir com seu amor, não esqueça das malas. Pilhas de malas antigas, chapeleiras e baús caracterizam o começo da viagem romântica. Mas está difícil viajar em tempos de crise? Coloque a namoradeira ou a cama no jardim. Imaginação é um dos principais ingredientes que estamos esquecendo para conquista e manutenção de amores cada vez mais descartáveis, em que as pessoas têm prazo de validade.

Prefira ter histórias para contar do que medo de ser ousado. Aqui pode tudo. Viva a diversidade! Seja você e se joga! Feliz Dia dos Namorados! 

http://couroportal.couromoda.com/noticias/ler/dia-dos-namorados-todos-dizem-eu-te-amo