26 de novembro de 2012

O ano da recuperação

HEITOR KLEIN
Presidente executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados - ABICALÇADOS


O ano de 2016 foi complicado não somente para o setor calçadista nacional, mas para a população brasileira. Com uma crise política grave, que acabou contaminando também a economia, colhemos resultados pífios, com o encolhimento do PIB em mais de 3,4%. O principal fato que motivou essa retração foi, sem dúvida, o encolhimento da renda das famílias, renda que até 2014 segurou o PIB nacional mesmo quando a crise política estava próxima. Por outro lado, para 2017, o cenário, mesmo que ainda nebuloso, já aponta para o início de uma recuperação, com uma possibilidade de crescimento modesto do PIB nacional. Alcançada a estabilidade política, é possível que cresçamos na casa de 1%, com o consumo voltando, aos poucos, aos patamares anteriores, especialmente com a inflação menor do que nos anos anteriores.

É neste contexto, de início de uma provável – e esperada – recuperação que terá início a COUROMODA 2017, a maior feira brasileira de lançamentos de calçados e acessórios para a temporada de outono-inverno. Com a expectativa de receber dezenas de milhares de lojistas de todo o Brasil e importadores de boa parte do mundo, com destaque para os latino-americanos, a mostra será o momento de retomada para o setor calçadista. Com relação ao mercado doméstico, ainda é esperado um pouco de receio por parte dos compradores, embora já devamos notar um ânimo muito melhor do que o registrado em 2016. 

Já no âmbito internacional, a expectativa é mais positiva. Com uma cotação cambial favorável, embora ainda instável, agora devido à eleição do presidente norte-americano Donald Trump, temos expectativas de alavancar importantes negociações. A expectativa é também positiva baseada nos sinais dados ao final do ano de 2016, quando as exportações de calçados registraram uma arrancada, chegando a um saldo positivo de mais de 3% em receitas geradas em relação a 2015.

Desejo uma ótima feira a todos, para que os expositores e lojistas de boa parte do mundo todo possam confirmar, de vez por todas, o início da aguardada recuperação da economia nacional. 
Que venha a Couromoda, que venha 2017 e com ele a esperança de dias melhores!

http://couroportal.couromoda.com/noticias/ler/o-ano-da-recuperacao