26 de novembro de 2012

Sinbi apresenta projeto de design feito em parceria com o IED



Design com foco em resultado e identidade diferenciada. Este foi o mote do projeto desenvolvido pelo Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário de Birigui (Sinbi) em parceria com o Istituto Europeo di Design - IED São Paulo e que foi apresentado no ciclo de palestras Fashion Spot, espaço da Couromoda 2016 reservado a marcas voltadas a um público seleto e diferenciado.

Segundo o coordenador da iniciativa, Fabiano Ferreira, o projeto teve sua gênese em 2009 quando a indústria local reconheceu uma demanda em termos da exportação. A execução, de fato, iniciou-se em 2015. “Inovação, multiculturalidade e mudança de mindset foram molas propulsoras da iniciativa, que visa basicamente aumentar o valor agregado dos produtos”, detalhou. “O projeto aborda o inconsciente, a forma (design), o processo e a estratégia”, complementa.

O gestor lembrou que Birigui tem uma grande tradição na produção de calçados, desde a década de 1950, com ênfase especial em artigos infantis. “O município produz, anualmente, 58 milhões pares de calçados, conta com 350 empresas e gera 19.490 empregos diretos, sendo responsável por 52% dos calçados infantis confeccionados no Brasil”, detalha Ferreira, lembrando a relevância do setor para a região.

O coordenador do projeto explicou que o projeto pensou sempre em lucro, fidelidade, branding, inovação e design para tornar as marcas locais ainda mais representativas, tanto no mercado doméstico quanto no que se refere às exportações.

Fases da ação
A primeira fase do projeto compreendeu a capacitação de 32 profissionais (duplas de 16 empresas) das áreas de design, criação e marketing com curso de cinco semanas com 200 horas de duração, além de visitas a lojas especializadas, interação com os empresários do segmento e uma iniciativa de co-criação de desenvolvimento de modelos junto a crianças, principal público-alvo das fábricas locais.

Na segunda fase houve a instalação do Laboratório de Criatividade e Inovação, equipado com toda a tecnologia necessária – inclusive moderna impressora 3D – para fomentar a inteligência do calçado. A terceira e última fase, que ocorre neste momento, prioriza a multiplicação deste conhecimento por intermédio de 10 workshops com 12 horas de duração cada. “Tudo foi pensado para abordar todos os aspectos necessários à indústria local”, finaliza.

 

http://couroportal.couromoda.com/noticias/ler/sinbi-apresenta-projeto-de-design-feito-em-parceria-com-o-ied